Links ruins continuam prejudicando. Idade do domínio tem maior relevância.

MOZ

Um estudo publicado pelo MOZ mostra que apesar de muitos alegarem que o google não penaliza mais os sites com links “ruins”, isso pode estar ainda acontecendo. O que se diz hoje em dia é que o google apenas não mais leva em consideração os chamados links ruins, ou de spam. Contudo, o (apenas) não levar em consideração, que pode ser até bom para quem sofre ataques de "SEO NEGATIVO", pode não ser tão insignificante assim pra outras pessoas, na medida em que muita gente hoje usa técnicas e softwares, digamos, não convencionais, para aumentar a relevância, basicamente conseguindo links, e isso significaria algum dinheiro jogado fora.

Michael Cottam autor do texto, técnico da MOZ, diz que ouviu conversas entre técnicos do google e que nelas eles sugeriram que os próprios webmasters deveriam continuar auxiliando o google e desautorizar os links que eles sabem que são ruins.  

Para ele as penalidades algorítmicas nessa questão ainda existem. Como prova de sua teoria cita o caso de um cliente que possuía um perfil bastante “complicado” de backlinks. Cottan deu uma olhada no material e resolveu fazer um arquivo disavow. O técnico disse que mesmo desconsiderando os links ruins o site ainda possuía um perfil forte de backlinks.

LER O TEXTO COMPLETO

One comment

  • Silas

    Gostei desse posicionamento. Alguns tem dito que se referiam a dominios de ecommerce jogados para o fim da serp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *